Wilton Junior/Estadão
Wilton Junior/Estadão

Iron Maiden vai lançar novo disco em setembro

'The Book Of Souls' será o primeiro duplo da carreira do grupo

EFE, O Estado de S. Paulo

23 de junho de 2015 | 13h19

A gravadora Warner Music anunciou nesta terça-feira, 23, que o novo álbum do Iron Maiden, The Book Of Souls, 16ª produção em estúdios da banda, será lançado no dia 4 de setembro deste ano. Este é o primeiro disco duplo do grupo formado no Reino Unido em 1975. Ao todo, serão 92 minutos de música, com 11 canções inéditas.

The Book Of Souls é também o primeiro álbum de estadio do Iron Maiden em cinco anos, sucedendo The Final Frontier, que alcançou em 2010 o número 1 das paradas em 28 países.

Além disso, o trabalho que será lançado em setembro é o primeiro desde Powerslave, de 1984, em que o vocalista Bruce Dickinson compõe duas músicas Uma delas, Empire Of The Clouds tem 18 minutos de duração, um recorde para a banda.

Steve Harris compôs sete canções para o novo disco, seis delas com os guitarristas do grupo e outra sozinha. Speed Of Light e Death Or Glory, por outro lado, são parcerias de Bruce Dickinson com o guitarrista Adrian Smith.

"Fizemos este álbum de uma forma diferente. Escrevemos várias canções enquanto estávamos no estúdio. As ensaiávamos e logo íamos gravar, mantendo assim seu fresco", afirmou Harris, em nota divulgada pela Warner Music.

O Iron Maiden já venceu mais de 90 milhões de discos no mundo todo, em 40 anos de carreira. The Book Of Souls chegou a ter lançamento adiado para Bruce Dickinson pudesse se recuperar completamente após ter superado por câncer.

"Estou muito orgulhoso de pelo álbum. Todos estamos e não podemos esperar que os fãs possam escutá-lo, e, especialmente, queremos tocar ao vivo as músicas no ano que vem", garantiu Harris.

O novo álbum, que começou a ser gravado em Paris, no fim de 2014, com o produtor habitual do grupo, Kevin Caveman Shirley, tendo uma edição limitada, de luxo, uma padrão, um vinil triplo e uma digital, que se pode pedir antecipadamente pelo iTunes.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.