Ioan Holender vai sair da Ópera de Viena

O diretor da Ópera de Viena, Ioan Holender, não renovará seu contrato para depois de sua vigência atual, até 31 de agosto de 2010. Com essa decisão termina a era de uma direção recorde, não apenas por sua longa duração como também pelas cifras advindas do aumento do público do teatro fundado em 1869. Quando se aposentar, Holender terá ficado tanto tempo na direção da casa quanto a reunião de seus antecessores, o compositor Gustav Mahler e o maestro Herbert von Karajan. A gestão de Holender, que estudou canto no conservatório de Viena na década de 1960, também foi marcada por sua personalidade crítica.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.