Investimentos somam 25 milhões de euros

Lisboa vai se transformar na capital mundial do rock em dois finais de semana, a partir desta sexta-feira. São esperadas 360 mil pessoas nos seis dias de shows do Rock in Rio Lisboa, o maior festival de música já realizado em Portugal. "Com um mega investimento, o evento é recorde em todos os sentidos", afirmou Silvia Lima, assessora de imprensa do festival. Os investimentos em todo o projeto somaram 25 milhões de euros. Segundo o instituto de pesquisa OMD Research, é o evento português que atraiu a maior cifra de investimentos publicitários, no valor de 13,429 milhões de euros.Cerca de 7 mil pessoas estão envolvidas nos trabalhos da cidade do rock, que buscou replicar a estrutura montada nos três festivais cariocas já realizados no Brasil (1985, 1991 e 2001). Apesar de os números serem de grande proporção para Portugal, nem passam perto do recorde de público registrado pelo primeiro Rock in Rio brasileiro, de 1,4 milhão de espectadores. Se a expectativa de público se confirmar, a venda de ingressos renderá 19 milhões de euros - a entrada para cada dia do festival custa 53 euros.Artistas brasileiros e internacionais se revezam nos palcos e tendas montados no Parque da Bela Vista, em Lisboa. A eclética programação mostra que cabe de tudo na palavra "rock". O show mais esperado é do ex-Beatle Paul McCartney, já na sexta-feira. Nos dias seguintes, os destaques da programação internacional são Peter Gabriel, Foo Fighters, Metallica, Britney Spears e Sting. Opções para todos os gostos. Os shows das cantoras Ivete Sangalo e Daniela Mercury serão as principais atrações brasileiras. As artistas baianas já caíram no gosto do público e têm carreiras bem sucedidas em Portugal. O último dia guarda ainda a apresentação da velha conhecida dos lusitanos Fafá de Belém.Aliás, o público português ajudou na escolha dos artistas brasileiros. A Vodafone, co-patrocinadora do evento, realizou um concurso onde as pessoas podiam sugerir as atrações de sua preferência pelos aparelhos celulares. O maior patrocinador do festival é o Millennium bcp, maior banco do país.Além do palco com os shows principais, a cidade do rock tem três tendas reservadas para atrações diferenciadas, como a música eletrônica. Há também um centro comercial rampas de skate e praças de alimentação. A segurança é uma das grandes preocupações da organização do evento, por conta dos atentados terroristas. Serão espalhados pela cidade do rock 17 detectores de metais, sendo que todas as pessoas terão de obrigatoriamente passar por mais de um.Às vésperas do Rock in Rio, a música brasileira domina as rádios de Lisboa. Os investimentos em marketing podem ser percebidos ao ligar a televisão ou caminhar pelas ruas. Já ao desembarcar no aeroporto, os visitantes de deparam com um stand para a venda de ingressos. Enfim, o Brasil está por toda parte na capital portuguesa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.