EFE/EPA/JERRY LAMPEN
EFE/EPA/JERRY LAMPEN

Inventor da fita cassete e pioneiro dos CDs, Lou Ottens, morre aos 94 anos

Criada por Ottens quando trabalhava para a Philips, a fita cassete tornou a música verdadeiramente portátil pela primeira vez e tornou mais fácil para uma geração de músicos gravar compilações de suas canções favoritas

Danny Kemp, AFP

12 de março de 2021 | 19h02

HAIA, HOLANDA - O criador da fita cassete, que também ajudou a criar o CD, o engenheiro holandês Lou Ottens, faleceu aos 94 anos.

Criada por Ottens quando trabalhava para a gigante Philips, a fita cassete tornou a música verdadeiramente portátil pela primeira vez e tornou mais fácil para uma geração de músicos gravar compilações de suas canções favoritas.

Com seus dois lados e muito fácil de manipular, mais de 100 bilhões de cassetes foram fabricadas no mundo durante sua vida, entre os anos 1960 e 1980, e recentemente ressurgiu de forma retrô.

"É muito triste saber que Lou Ottens faleceu", disse Olga Coolen, diretora do Museu Philips em Eindhoven, em um comunicado enviado à AFP. "Lou era um homem extraordinário que amava tecnologia", acrescentou.



Ele morreu em 6 de março em Duizel, perto da fronteira com a Bélgica, disse a Philips.

Nascido em 1926 na cidade holandesa de Bellingwolde, Ottens mostrou seu interesse por tecnologia desde muito jovem durante a ocupação nazista na Holanda na Segunda Guerra Mundial.

Ele construiu um rádio para ouvir a rádio "holandesa livre" Oranje com uma antena especial que chamou de "Germanenfilter" (filtro de alemães), porque poderia contornar os bloqueadores nazistas, observou o jornal NRC.

Ottens entrou na Philips depois de estudar engenharia na universidade, onde ele e sua equipe criaram o primeiro gravador portátil, de acordo com a empresa. Ele então aperfeiçoou o sistema e inventou a cassete em 1962.

"A fita cassete foi inventada por causa do incômodo do gravador existente, é simples assim", disse Ottens em uma entrevista.

A tecnologia que tornou possível o toca-fitas portátil e encheu os quartos de milhões de adolescentes com música começou humildemente, com o primeiro protótipo feito de madeira, disse Coolen.

Ottens supervisionou e liderou uma equipe que desenvolveu o protótipo dos CDs, mais tarde produzidos pela Philips e pela gigante japonesa de eletrônicos Sony.

Mais de 200 bilhões de CDs foram produzidos desde então, observou a Philips.

Tudo o que sabemos sobre:
músicafita casseteCd

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.