"Internet aproxima os músicos", afirma Linsay

O músico brasilianista Arto Lindsay, em turnê pelo Japão, declarou esta tarde acreditar que, da mesma forma que a digitalização dos meios de produção de imagem ocasionaram uma explosão no número de diretores de cinema e vídeo, a Internet irá contribuir, em poucos anos, para um considerável crescimento no número de compositores. Para justificar o argumento, declarou que a rede de computadores contribui para a colaboração simultânea entre músicos, estejam eles em qualquer parte do mundo. Considerado por alguns críticos como "o filho da tropicália" - movimento musical liderado por Caetano Veloso e Gilberto Gil em meados dos anos 60 - Lindsay costuma dividir seu tempo entre Nova York e Rio de Janeiro. Ele sustenta que o correio eletrônico também serve para mantê-lo em contato com os fãs de todo o mundo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.