Integrantes da banda Calypso são intimados

A Polícia de Goiás intimou hoje seis membros da banda paraense Calypso, a fim de esclarecer as circunstâncias da morte do dançarino Frank Maia Viana, de 23 anos. No dia 17, o rapaz caiu do 4.º andar do Hotel Águas Claras, sofreu traumatismo craniano, pélvico e torácico, e morreu na segunda-feira passada, após quatro dias na UTI do Hospital Santa Lúcia, em Brasília. "Além dos cinco dançarinos, um produtor do grupo deverá se apresentar às 9 horas dia 14 de setembro", afirmou o delegado Niteu Chaves Júnior, da 1.ª Delegacia de Polícia, em Luziânia (GO), cidade vizinha ao DF. "O rapaz caiu da sacada do hotel, de uma altura de 16 metros. Há testemunhas de que ocorreu um acidente, mas queremos esclarecer todos os detalhes para determinar se houve ou não um acidente", afirmou Chaves Júnior. O policial revelou que, além das informações dadas pelo grupo, circulam três versões diferentes sobre a tragédia. Na primeira, o dançarino escorregou e caiu da sacada do quarto, no 4.º andar, na madruga do dia 17, no momento em que as dançarinas ensaiavam. "Essa é a versão do grupo que, em hipótese alguma, desacreditamos", disse o delegado. "Nessa versão, o rapaz chegou ao quarto de madrugada (2h30min), sentou-se na sacada para assistir ao ensaio das meninas, escorregou e caiu". Porém, afirmou o delegado, a Polícia de Goiás investiga duas novas versões. Uma delas indica que Frank teria ingerido bebidas alcoólicas. Em outra hipótese, o dançarino teria consumido drogas. "Queremos saber os detalhes, se estava drogado, bêbado ou se a morte foi acidental", disse o delegado Niteu Chaves Júnior, que não descartou a possibilidade de reconstituição da cena do crime com os membros da banda Calypso. A delegacia intimou as dançarinas Ellen, Thaís e Flávia, e os bailarinos Beto e Andrey. (Matéria alterada às 17h31)

Agencia Estado,

24 de agosto de 2006 | 15h21

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.