REUTERS/Carlo Allegri
REUTERS/Carlo Allegri

Instrumentos musicais de Taylor Swift e Bradley Cooper vão a leilão para ajudar vítimas da pandemia

O leilão, que começa hoje e vai até 29 de outubro, auxiliará um fundo criado para apoiar as pessoas nos bastidores da indústria da música country cujo sustento foi tirado pela pandemia de coronavírus

Jill Serjeant e Andrew Hofstetter, Reuters

15 de outubro de 2020 | 18h35

Taylor Swift, Bradley Cooper e Keith Urban doaram instrumentos musicais para um leilão de celebridades da música country para arrecadar fundos para os profissionais da indústria cujo sustento foi tirado pela pandemia de coronavírus.

O violão preto Gibson autografado de Taylor, que ela tocou na estreia ao vivo de sua nova canção Betty em setembro, chegou com nove das palhetas personalizadas da cantora em um lote que pode render de 25 mil a 40 mil dólares, informou a casa de leilões Christie's  nesta quinta-feira.

A guitarra elétrica que Cooper tocou ao encarnar o cantor country decadente Jackson Maine no filme de 2018 Nasce Uma Estrela também está à venda com um preço estimado entre 2 mil e 4 mil dólares.



O leilão, que começa nesta quinta-feira e vai até 29 de outubro, auxiliará o Fundo de Reação à Covid-19 'Erguendo Vidas' da Academia de Música Country, que foi criado para apoiar as pessoas nos bastidores da indústria da música country, centrada na cidade norte-americana de Nashville.

"Quando a pandemia chegou, na primavera, Nashville foi atingida com muita dureza", disse Nancy Valentino, do departamento de desenvolvimento de negócios da Christie's.

"Esta é uma das instâncias em que você vê os artistas ajudando as pessoas que trabalham com eles - motoristas de ônibus de turnê, técnicos de estúdio, fornecedores de alimentação. Ninguém está trabalhando", acrescentou.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.