Impacto visual marca nova turnê

O espetáculo que Marisa Monte traz para São Paulo nesta quarta-feira, para convidados, e a partir de quinta-feira, para o público, é seu trabalho de maior impacto visual. Memórias, Crônicas e Declarações de Amor é apresentado em um cenário no qual formas, cores e luzes funcionam como parte integrante do show e não apenas como pano de fundo para a execução das canções do CD homônimo. O cenário do espetáculo que inaugura o DirecTV Music Hall (ex-Palace) é, aliás, um pano de fundo no sentido literal e cabe, apesar desse peso todo, em uma única mala."Nave show esfinge caranguejo" é o título da grande escultura de malha de náilon que o artista plástico Ernesto Neto criou especialmente para a apresentação do novo disco de Marisa Monte. A grande estrutura é estendida no palco de forma que a banda permaneça durante o show abraçada pelos desenhos orgânicos formados pelo delicado tecido branco.Antes do início do espetáculo, a escultura sugere uma idéia de introspecção, completamente transformada no momento em que a banda entra no palco. Assim que o show começa, imagens em vídeo criadas por Claudio Torres cobrem as dezenas de superfícies da obra de Ernesto Neto, de acordo com a música interpretada por Marisa e banda. As imagens dos vídeos, difundidas por 18 projetores espalhados pelo palco, fundem-se com o desenho de luz de Patrick Woodroffe, responsável pela iluminação de shows de porte, como o dos Rollings Stones. Ou seja, o espetáculo é uma resultante de ações e linguagens diferentes e autônomas que, juntas, compõem um organismo só."Quando Neto apareceu com a primeira idéia para o cenário percebemos que já tínhamos o cenário pronto", conta o diretor do show Leonardo Netto. Segundo ele, a idéia de convidar o artista plástico foi da própria cantora, e não houve nenhum tipo de interferência da produção na criação ou preparação do trabalho. "Além do que contamos com aparato de ponta para a montagem do show, que não consome mais de três horas para cada apresentação."Amor à arte - Marisa costuma acompanhar a movimentação das artes plásticas - ela mesma faz algumas incursões pela área, como os ensaios fotográficos que realiza da platéia durante o show e depois veicula em seu site (www.marisamonte.com). Mas sua empatia pelo trabalho de Neto é especial. "Acompanho o trabalho dele desde o começo de sua carreira", conta a cantora.Responsável pelas projeções que estampam o náilon de Neto, Claudio Torres, da Conspiração Filmes, também acredita que a comunhão entre as linguagens no palco faz do show uma obra integrada. "Procurei respeitar os conceitos da escultura de Ernesto Neto", afirma. "Da mesma forma que a luz é operada em harmonia com as projeções e assim por diante."Apesar da sofisticação das linguagens e da relação entre elas - o hábito é criar um cenário em razão de um espetáculo musical e não apresentar obras autônomas no palco -, o diretor diz não ter conhecido a montagem de um show musical tão ágil. "Quando testamos pela primeira vez o espetáculo, em um galpão em Curitiba, não houve sequer um problema de afinação."Memórias, Crônicas e Declarações de Amor versa, como o título diz, sobre o amor. O mais romântico dos shows de Marisa Monte desenvolve-se em uma estrutura que também lembra órgãos sexuais femininos e masculinos em comunhão. É o ideal de fusão dos relacionamentos amorosos, nesse "show de atmosferas" (como define Torres) que ocorre dentro do imenso caranguejo, idealizado por Marisa, Neto, Torres e Netto, quatro cancerianos, representantes, portanto, de um dos mais românticos signos do zodíaco.Marisa Monte - Quinta-feira, às 21h30; sexta e sábado, às 22 horas, e domingo, às 20 horas. De R$ 40,00 a R$ 120,00. DirecTV Music Hall. Avenida dos Jamaris, 213, tel. 5643-2500. Até 27/8.

Agencia Estado,

25 de julho de 2000 | 22h59

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.