REUTERS/Steve Marcus
REUTERS/Steve Marcus

Imagine Dragons faz estreia no Rock in Rio 2019 com coleção de hits

Banda americana se apresenta no palco Mundo neste domingo, 6

Redação, O Estado de S.Paulo

04 de outubro de 2019 | 10h00

Uma das bandas mais bem sucedidas da atualidade, o Imagine Dragons é mais uma atração a fazer sua estreia no palco do Rock in Rio. Em turnê com o disco Origins, o grupo atravessa grande fase na carreira, sendo apontado pelo Spotify como o artista de rock mais escutado de 2018, com cerca de 38 milhões de ouvintes mensais, além de ter se apresentado na cerimônia da finalíssima da Liga dos Campeões deste ano. 

Completando dez anos de carreira em 2019, o Imagine Dragons surgiu para o grande público em 2012, quando foi lançado Night Visions, primeiro álbum do grupo que emplacou o hit Demons e o mega sucesso Radioactive, que garantiu à banda o Grammy por Melhor Performance de Rock na premiação de 2014. Ganhando espaço nos principais festivais do planeta, o quarteto de Las Vegas viu sua popularidade crescer ainda mais com os trabalhos seguintes, Smoke + Mirrors e Evolve, que consolidou o grupo entre os principais do cenário alternativo com faixas do porte de Thunder e Believer.

Principais sucessos: 

Radioactive

I Bet My Life

Thunder

Believer

Provável setlist: 

  • Believer
  • It's Time
  • Whatever It Takes
  • Natural
  • Bad Liar
  • Shots
  • Yesterday
  • Start Over
  • Every Breath You Take
  • I'll Make It Up to You
  • Mouth of the River
  • Thunder
  • I Don't Know Why
  • Sucker For Pain
  • The River
  • Demons
  • Walking the Wire
  • On Top of the World
  • Radioactive

Vai curtir o festival lá no Rio? Saiba o que você pode ou não levar e veja também as opções de alimentação que estarão disponíveis na Cidade do Rock. Para quem for assistir de casa, existem também algumas possibilidades. Fique por dentro de toda a programação do Rock in Rio e não perca nenhum show!

Tudo o que sabemos sobre:
Imagine DragonsRock in Riomúsica

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.