Igreja Ortodoxa pede boicote a show de Madonna

A Igreja Ortodoxa Russa (IOR) pediu a seus fiéis que boicotem o show de Madonna em Moscou, dia 11 de setembro, parte da turnê mundial de apresentação de seu último disco, "Confessions on a Dance Floor"."Para ilustrar suas próprias paixões, Madonna explora a cruz, a imagem de Nossa Senhora e outros símbolos religiosos. Isto é inadmissível", disse o diretor de Relação Públicas da IOR, Vsiévolod Chaplin, em declarações publicadas neste sábado pelo jornal Kommersant.Chaplin disse que a Igreja "recomenda encarecidamente" a seus fiéis que não assistam ao show da cantora na esplanada das Colinas dos Pardais (antigas Colinas de Lênin), sua primeira apresentação em Moscou."Esta jovem alegre e bonita, que vai de uma religião a outra, precisa de assistência espiritual, que poderia receber de qualquer cristão. Mas para os ortodoxos é melhor não dar apoio a sua exaltação e não assistir ao show", acrescentou o sacerdote.Em maio, a IOR condenou o filme do Ron Howard "O Código da Vinci" por "ofensa grave aos sentimentos religiosos". Mas as críticas do clero não impediram a exibição do filme.Desde que meados dos anos 80, surgiram muitas especulações sobre a possibilidade de Madonna se apresentar na Rússia. Mas esta é a primeira vez que os fãs russos poderão ver a cantora de perto.Madonna, que chegará a Moscou depois de passar por Praga, continuará a turnê mundial de "Confessions" no Japão.

Agencia Estado,

05 de agosto de 2006 | 14h09

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.