Homem mata quatro pessoas em show nos EUA

Um homem subiu ao palco de uma boate durante um show de rock lotado da banda Damageplan e abriu fogo, matando pelo menos quatro pessoas, inclusive o guitarrista da banda, "Dimebag" Darrell Abbott, antes de ser morto por um policial, disseram autoridades e testemunhas.O agressor foi identificado como Nathan Gale, de 25 anos, oriundo de Marysville, uma cidade a noroeste de Columbus. A porta voz do departamento de polícia de Columbus, Sherry Mercurio, disse que não se sabe o motivo do ataque, nem se Gale estava ligado à banda de alguma maneira.Sherry disse que foram identificadas duas vítimas do tiroteio, além de Abbott: Nathan Bray e Erin Halk. A banda Damageplan tinha começado a tocar a primeira música no clube Alrosa Villa quando o homem abriu fogo, primeiro atingindo Abbott, atirando várias vezes no guitarrista, disse uma testemunha, Chris Couch, de 22 anos. Couch disse que estava há 10 metros do palco quando viu o homem, que vestia um agasalho com gorro, subir ao palco, começar a gritar e a atirar no guitarrista. O homem também atirou em um segurança que tentou puxá-lo do palco e depois começou a disparar contra a platéia. Um policial, que chegou logo depois, atirou e matou o agressor."Se o policial não estivesse tão perto, poderia ter sido pior", disse o sargento Brent Mull. "A situação era caótica". Segundo Sherry, o policial que matou o agressor estava fazendo patrulha em uma rua próxima ao bar e recebeu uma chamada de socorro.Abbott, um dos maiores guitarristas de heavy metal, e seu irmão, o baterista da banda Vinnie Paul Abbott, fizeram parte da formação original da banda Pantera, uma das mais populares do início dos anos 1990, pioneira do rock trash. O Damageplan é formado também pelo vocalista Patrick Lachman e o baixista Bob Zilla.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.