Homem acusa Eminem de agressão em clube de strip-tease

Miad Jarbou afirma que rapper o bateu em um clube em 2006 e pede mais de US$ 25 mil em danos

Associated Press,

04 de julho de 2008 | 17h21

Um homem processou o rapper Eminem por acontecimentos ocorridos em 2006, quando o cantor supostamente o bateu em um banheiro de um clube de strip-tease em Detroit.  Segundo o jornal The Detroit News, Miad Jarbou apresentou a denúncia na quinta-feira, 3, na Corte de Oakland County. No documento, Jarbou pede mais de US$ 25 mil em danos. A ação indica que Eminem atacou Jarbou em 13 de julho de 2006, em um clube chamado Cheetah's On the Strip Gentlemen's Club. Uma mensagem em busca de comentários foi deixada na sexta pela agência Associated Press ao porta-voz do Eminem, mas não foi respondida até o momento. Emimem, cujo nome real é Marshall Bruce Mathers III, não foi acusado na época do incidente, apesar dos relatórios apresentados. O clube está localizado na Eight Mile Road, a fronteira entre Detroit e um subúrbio no norte do país que se tornou célebre graças ao filme que o rapper lançou em 2002, 8 Mile.

Tudo o que sabemos sobre:
Eminem

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.