Hoje tem acid samba no Supremo

O show do cantor e compositor Jairzinho Oliveira se realiza hoje, às 22h, no Supremo Musical. O programa é ideal para quem curte a mistura de ritmos, como bossa nova, acid jazz e soul. As músicas que o cantor vai interpretar fazem parte de seu primeiro CD solo, Dis´ritmia, em que alterna texturas acústica e eletrônica, lançado pela gravadora Trama. As letras das canções falam sobre situações do cotidiano e histórias de amor. Há desde baladas, como Você Por Perto, até sambas como Olha Aí e Papo de Psicólogo. Alguns arranjos também são dele. "Acho que minha música é mais marcada pelo jazz, mas tem também muita coisa de black music, que aparece também aparece no repertório de outros artistas nacionais", explica. Sobem ao palco com o cantor, os integrantes de sua banda: Eric Budney, no baixo, Dom Beto, na guitarra, Turquinho, na bateria, Da Lua, na percussão e André, no vibrafone. De volta ao Brasil em 1998, depois de estudar cinco anos na Berklee College of Music, em Boston, Jairzinho passou a atuar em mais um ramo musical, a produção. O pai, Jair Rodrigues, a irmã, Luciana Mello, e o cantor Vicente Barreto foram os primeiros a ter seus CDs concebidos pela S de Samba, produtora do cantor, que também foi responsável pela concepção de seu CD Dis´ritmia. O CD, que foi lançado em setembro, fez sucesso entre os críticos musicais e provou que Jairzinho, de 25 anos, não é mais o garotinho de voz fina do programa Balão Mágico. Muito menos, o filhinho que só aparece por causa do pai famoso que tem. Ele faz, sim, parte da nova safra de jovens talentosos do cenário musical brasileiro. Uma prova disso é o lançamento de seu cd pela Trama, que, até agora, só tem investido em artistas com algo novo e interessante para mostrar. Pela mesma gravadora, ele lançou, em 1999, com os amigos Max de Castro, Wilson Simoninha e Pedro Camargo Mariano o disco Artistas Reunidos. Dis´ritmia - show hoje, às 22h, no Supremo Musical. Rua Oscar Freire 1.000, tel: 3062-0950. Ingressos: R$ 15.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.