Hits latinos no festival da canção de Viña del Mar

Debaixo de uma chuva de cinzas resultantes de incêndios florestais próximos ao palco do 45.º Festival da Canção de Viña del Mar, no Chile, a cantora colombiana Soraya arrebatou a platéia na abertura do evento, cantando seu sucesso De Repente. O show, realizado no anfiteatro ao ar livre Quinta Vergara, durou até a madrugada. Cerca de 20 mil pessoas assistiram à abertura do festival.Soraya recebeu sua "tocha de prata", troféu com que o festival elege os melhores. A "tocha de ouro" é entregue aos que superam a todos, de acordo com a aclamação do público, que grita "el monstruo" quando gosta e com vaias quando não gosta da performance. Entre os melhores estavam também a banda tropical chilena de Tommy Rey e o mexicano Cristián Castro,No show foram apresentadas dez canções na disputa pela Gavião de Prata, o principal prêmio, equivalente a US$ 30 mil.A decepção da noite foi a apresentação do veterano artista italiano Umberto Tozzi, porque cantou em italiano. Às duas da manhã entrou no palco a banda de Tommy Rey que logo ganhou a "tocha de prata", minutos depois a de ouro e, em seguida, a Gaivota de Prata.No segundo turno do festival, que termina na próxima segunda-feira, vão se apresentar o trio multinacional Bacilos, o chileno Douglas e o espahol Camilo Sesto, entre outros.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.