Hip hop domina indicações ao Grammy 2004

A organização do Grammy, principal prêmio da indústria fonográfica mundial, anunciou hoje os indicados de sua próxima edição, a 46.ª, que será celebrada em 8 de fevereiro, em Los Angeles. Rap e rhythm & blues, representados por nomes como 50 Cents, Missy Elliott, OutKast e Eminem, entre outros, dominam as indicações. A tendência, já desenhada em premiações anteriores, reafirma a influência do hip hop na indústria musical, em detrimento de nomes tradicionais do pop. O rock também aparece renovado nesta edição, com a participação de bandas jovens, como White Stripes, matchbox twenty, Evanescence, por exemploEntre os líderes de indicações, que surgem como favoritos aos principais troféus, aparecem Beyoncé, Jay-Z, Outkast e Pharrell Williams. Cada um vai disputar seis categorias. Missy Elliott, Eminem, Evanescence, 50 Cent, Chad Hugo, Ricky Skaggs, Justin Timberlake, Luther Vandross e Warren Zevon, que morreu este ano, brigam por cinco prêmios cada. Com quatro indicações, aparecem Erykah Badu, WillieNelson, Jose Serebrier e Jack White, do White Stripes. Confira abaixo os candidatos nas principais categorias:Álbum do ano - Missy Elliott, com Under Construction; Evanescence, com Fallen; Outkast, com Speakerboxxx/The Love Below; Justin Timberlake, com Justified; e The White Stripes, com Elephant.Gravação do ano - Beyoncé e Jay-Z, por Crazy In Love; Black Eyed Peas e Justin Timberlake, por Where Is The Love?; Coldplay, por Clocks; Eminem, por Lose Yourself; e Outkast, por Hey YaCanção do ano - Linda Perry, por Beautiful (interpretada por Christina Aguilera); Richard Marx e Luther Vandross, por Dance With My Father; Avril Lavigne e The Matrix, por I´m With You; Jorge Calderón e Warren Zevon, por Keep Me In Your Heart; Jeff Bass, Eminem e Luis Resto, por Lose Yourself.Revelação - Evanescence; 50 Cent; Fountains Of Wayne; Heather Headley; e Sean PaulMelhor Álbum de Rap - Missy Elliott, por Under Construction; 50 Cent, por Get Rich Or Die Tryin?; Jay-Z, por The Blueprint2 - The Gift & The Curse; Outkast, por Speakerboxxx/The Love Below; e The Roots, por PhrenologyMelhor Álbum de R&B - Erykah Badu, por Worldwide Underground; Blu Cantrell, por Bittersweet; Aretha Franklin, por So Damn Happy; Isley Brothers e Mr. Biggs, por Body Kiss; and Luther Vandross, por Dance With My FatherMelhor Álbum de Rock - Audioslave, por Audioslave; Evanescence, por Fallen; Foo Fighters, por One by One; matchbox twenty, por More Than You Think You Are; Nickelback, por The Long RoadMelhor Álbum de Pop - Christina Aguilera, por Stripped;George Harrison, por Brainwashed; Annie Lennox, por Bare;Michael McDonald, por Motown; Justin Timberlake, por JustifiedMelhor Álbum de Country - Faith Hill, por Cry; Lyle Lovett, por My Baby Don´t Tolerate; Willie Nelson e Ray Price, por Run That by Me One More Time; Willie Nelson, por Live and Kickin´; Shania Twain, por Up!; e a coletânea Livin´, Lovin´, Losin´: Songs of the Louvin Brothers

Agencia Estado,

04 de dezembro de 2003 | 16h36

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.