Hermeto ensina a sentir a música

Dizem que Hermeto Pascoal quando toca se comunica com seres estranhos, que tem poderes hipnóticos, que faz cantar a água, o vento e os metais. Uma vez, nem o gênio Miles Davis conseguiu segurar o espanto ao vê-lo dedilhar um violão: "Mas este albino é um maluco!" Hermeto Pascoal está com 65 anos e sem a mínima intenção de provar o contrário do que falam sobre ele. Melhor ainda. Quer agora ensinar como se faz música partindo do pressuposto de que é preciso senti-la antes mesmo de entendê-la. Uma apresentação que nesta quarta-feira, às 19h30, no Teatro Sesc Anchieta, chama as atenções para um curso que terá início em maio, idealizado por seu contrabaixista e "discípulo" há mais de 20 anos, Itiberê Zwarg. No projeto de nome Hermetismos Pascoais, Zwarg e sua Orquestra Família, centrados na linguagem de Hermeto, invertem os formatos tradicionais de aprendizagem musical em um sistema que batizaram de "corpo presente". Em vez de receber informações sobre teoria, o aluno participa logo no início da criação de arranjos para orquestra. As idéias que tem são executadas no ato pelo conjunto do baixista. Hermeto acredita que seja esta a forma para estimular a memória musical por sons no lugar de usar símbolos gráficos. "Esta é a minha escola. O jovem não tem de pegar a partitura primeiro. Se ele não sentir a música antes, nunca será um músico. Pode chegar a ser um alfabetizado musical, mas não quer dizer que será um músico." As inscrições para o curso, que vai de maio a dezembro, devem ser feitas pelo telefone 3234-3000. Outros shows serão realizados ao longo do mês no Centro Experimental de Música do Sesc Consolação. Estão na programação do Hermetismos o grupo Curupira (dia 17), o baterista Nenê (19), o guitarrista Heraldo do Monte (24) e o Duofel (dia 30). O compositor Théo de Barros fará um evento que chama de "bate-papo musical" no dia 25, no hall de convivência. A apresentação de hoje está montada para ter três partes. No início tocará Zwarg com sua Orquestra Família, formada em 1999 por 28 jovens que estudavam composição com o baixista pelo tal método "corpo presente". Hermeto entra em seguida para apresentar músicas de seu repertório por 30 minutos. No final, todos reúnem-se para uma sessão de improvisos. Serviço: Hermeto Pascoal: Quarta-feira, às 21h. Teatro Sesc Anchieta (Rua Dr. Vila Nova, 245. Tel: 3256-2281). Preço: R$ 15

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.