Herbert receberá cuidados em casa

O cantor e compositor Herbert Vianna receberá alta nessa terça-feira - quarenta e quatro dias depois de sofrer um acidente de ultraleve e chegar praticamente morto ao Hospital Copa D. Foram três operações (no cérebro, na coluna e no punho esquerdo) e um longo caminho percorrido para que o músico saísse do coma e, aos poucos, recuperasse as funções cerebrais. Resta ainda saber se ele conseguirá voltar a andar. Segundo os médicos, Herbert tem 50% de chances de recuperar os movimentos das pernas.O músico continuará recebendo cuidados médicos e fisioterápicos em casa. A empresa Med-Lar, especializada em atendimento médico-domiciliar, já instalou na casa de Herbert os aparelhos necessários. "Como o paciente melhorou muito, estamos levando, basicamente, uma cama hospitalar elétrica", contou o diretor de Marketing da Med-Lar, Renato Castelo Branco. "Também estamos oferecendo uma cadeira de rodas bastante moderna, com diversas configuações de assento, que dão mais comodidade ao paciente." Seis enfermeiros estarão se revezando nos cuidados ao paciente.Um pacote básico da Med-Lar custa, em média, R$ 250 por dia. Branco não revelou por quanto sairá o pacote destinado a Herbert Vianna. "Isso foi acertado entre a família e o plano de saúde", disse. Logo depois que o músico receber alta, a equipe médica que o atendeu dará uma entrevista coletiva para dar detalhes sobre o tratamento a que Herbert será submetido daqui para frente. O pai do cantor, o brigadeiro Hermano Vianna, lerá uma mensagem para os fãs.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.