REUTERS/Jessica Rinaldi/File Photo
REUTERS/Jessica Rinaldi/File Photo

'Há tanta coisa que eu queria agradecer', diz filho de Leonard Cohen

Adam Cohen prestou homenagem ao pai em sua rede social

O Estado de S.Paulo

15 Novembro 2016 | 13h25

Adam Cohen, um dos filhos de Leonard Cohen, prestou uma homenagem ao pai, morto na semana passada, aos 82 anos. Em sua página no Facebook, Adam, que também é músico, relembrou o cantor e compositor que deixou inúmeros sucessos, como Hallelujah e Suzanne. "Acabamos de enterrar meu pai em Montreal, no Canadá. Com apenas a família próxima e amigos de longa data presentes, ele foi baixado ao chão em um caixão de madeira de pinho sem adornos, perto de sua mãe e seu pai. Como ele havia pedido", escreveu na madrugada deste domingo.

"Enquanto escrevo isso, estou pensando na mistura única do meu pai de autodepreciação e dignidade, sua elegância acessível, seu carisma sem audácia, sua gentileza antiga e da torre forjada à mão que é seu trabalho", disse Adam.

"Há tanta coisa que eu gostaria de poder agradecer a ele apenas uma última vez. Agradeceria pelo conforto que ele sempre nos proporcionou, pela sabedoria, pelas longas conversas, por sua sagacidade e humor. Agradeceria por ele ter me ensinado a amar Montreal e a Grécia. Agradeceria pela música; primeiro pela música com a qual ele me seduziu quando criança, depois pelo seu encorajamento à minha própria música, e finalmente pelo privilégio de poder fazer música com ele. Obrigado por suas carinhosas mensagens, por sua compaixão e pelo seu amor pelo meu pai”, terminou.

Leonard Cohen morreu na segunda-feira passada em sua casa em Los Angeles, mas a notícia de sua morte foi divulgada apenas na noite de quinta-feira. Seu último disco de estúdio, You Want It Darker, havia sido lançado poucas semanas antes, em outubro.

 

Mais conteúdo sobre:
Leonard CohenMúsica

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.