Divulgação
Divulgação

Há 31 anos morria John Lennon

Ex-beatle foi assassinado aos 40 anos por um fã em Nova York; hoje, cantor é homenageado

estadão.com.br,

08 de dezembro de 2011 | 15h02

SÃO PAULO - Há 31 anos morria John Lennon. O ex-beatle foi assassinado em 8 de dezembro de 1980, aos 40 anos, por um fã, Mark David Chapman, na cidade de Nova York, nos Estados Unidos, onde vivia com Yoko Ono.

 

Como é de costume, a ex-mulher do músico realizou um concerto em sua homenagem. Na celebração, uma banda instrumental tocou as músicas de Lennon, acompanhadas por uma projeção virtual do artista interpretando as canções.

 

 

O show aconteceu nesta quinta-feira, 8, em Tóquio e sua renda será revertida para as vítimas dos terremotos no país.

 

 

 

O falecimento do músico, imortalizado por suas composições,  por sua trajetória solo e nos Beatles e por seu ativismo, abalou os fãs, que hoje prestam tributo a John Lennon.

 

 

 

 

Reveja os especiais do Estadão.com.br em homenagem a John Lennon:

 

 

link  Há 31 anos John Lennon era assassinado

link Os passos do eterno Beatle em Nova York

especial ESPECIAL: 10 fatos da vida de John Lennon

som Canções que marcaram a carreira solo de John Lennon

especial No Brasil, morte de John Lennon choca

 

 

Tudo o que sabemos sobre:
John LennonBeatles

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.