Katarina Benzova / Divulgação
Katarina Benzova / Divulgação

Guns N’ Roses homenageia Leonard Cohen ao fim do show em São Paulo

Imagem do poeta, romancista e músico foi exibida no telão ao fundo enquanto a banda se despedia do público, na noite desta sexta-feira, 11

Pedro Antunes, O Estado de S.Paulo

12 de novembro de 2016 | 11h28

De forma silenciosa, a banda Guns N’ Roses prestou a sua homenagem a Leonard Cohen, músico, poeta e romancista, cuja morte foi revelada uma noite antes da primeira apresentação da banda em São Paulo, realizada nesta sexta-feira, 12. 

Ao fim do show de quase duas horas e meia de duração, no Allianz Parque, a imagem de Cohen foi exibida no telão posicionado ao fundo do palco. Enquanto os sete integrantes do Guns N’ Roses se abraçavam e se despediam do público estimado de 45 mil pessoas que compareceram ao estádio, a figura de Cohen surgiu, seguida por um “descanse em paz”. Veja: 

Cohen morreu aos 82 anos, na segunda-feira, 7. Mas a notícia só foi revelada na quinta, 10, pelo perfil de Facebook da gravadora Sony Music do Canadá. 

“É com profunda dor que noticiamos a morte do lendário poeta, compositor e artista Leonard Cohen”, diz o texto publicado na rede social. “Perdemos um dos músicos mais reverenciados, prolíficos e visionários. Um memorial para ele será realizado em Los Angeles em uma data ainda a confirmar. A família pede por privacidade durante esse período de luto.” 

LEIA MAIS: Leonard Cohen morre aos 82 anos – depois de prometer viver para sempre

O músico foi enterrado em Montreal na própria segunda-feira, após uma cerimônia discreta e limitada a amigos e familiares. “Meu pai morreu em paz”, contou o filho dele, Adam, em um comunicado.

“Ele tinha compreendido que havia completado aquilo que ele considerava ser um dos seus melhores discos.” Adam Cohen cita You Want It Darker, o décimo quarto disco de estúdio (e agora último) do canadense, que chegou às lojas em 20 de outubro. 

LEIA MAIS: Ao se despedir em álbum, Leonard Cohen não mostra o medo da morte, mas, sim, alguns arrependimentos

O Guns N’ Roses fez uma apresentação consistente, nada atrapalhada pela chuva que começou e acabou durante o show – antes de November Rain, curiosamente. Com parte daquela considerada como a formação clássica, com Slash e Duff McKagan ao lado de Axl Rose, o grupo não fugiu à nostalgia esperada, ancorando o repertório nas canções do disco Appetite for Destruction, o debute da banda de 1987. 

O Guns N’ Roses volta a se apresentar no mesmo Allianz Parque neste sábado, 12. O giro pelo País ainda contará com shows no Rio de Janeiro (no Engenhão, dia 15), Curitiba (Pedreira Paulo Leminski, dia 17) e em Brasília (Estádio Nacional, dia 20). 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.