Guns n? Roses faz show irregular para fãs portugueses

A banda Guns n? Roses fechou nesta madrugada a primeira etapa do festival Rock in Rio-Lisboa, que terá mais três dias de shows, de 2 a 4 de junho, fazendo uma apresentação marcante, mesmo com altos e baixos.A atuação da banda de Axl Rose, o único membro original do grupo que fez sucesso no mundo todo no fim dos anos 80, foi intensa e emocionante para as 50 mil pessoas que assistiram ao festival. Mas quem esperava ver o Guns n? Roses ao vivo há mais de uma década se decepcionou com diversas quebras de ritmo.Axl Rose, com outros sete músicos, não foi o mesmo sem a companhia de Steve Adler, Slash, Izzy Stradlin e Duff McKagan. Mesmo assim, interpretou antigos sucessos, como Welcome to the Jungle, Patience, Paradise City, November Rain e Sweet Child O´ Mine.A banda apresentou além disso algumas músicas do disco que Axl Rose prepara há 13 anos e que deve ser lançado no fim deste ano, Chinese Democracy. Completaram a apresentação os "covers" de Live and Let Die (Paul MacCartney) e Knockin´ On Heaven´s Door (Bob Dylan).O show foi aberto pela banda portuguesa Xutos e Pontapés, que fez o público cantar os maiores sucessos dos seus 27 anos de carreira. Depois se apresentou a banda britânica The Darkness, com o "glam rock" do último trabalho, I Believe in a Thing Called Love. Os irmãos Justin e Dan Hawkins, Ed Graham e Frankie Poullain, pouco conhecidos em Portugal, não conseguiram entusiasmar o público, que esperava a chegada de Axel Rose. Foi preciso tocar "covers" de Highway to Hell e Thunder do AC/DC, para conseguir alguma reação.As atrações do próximo fim de semana no festival serão Santana, Roger Waters, Orishas, Rede Hot Chili Peppers, Anastacia e Sting, entre outros.Ivete Sangalo abriu o festival na sexta-feira, numa noite em que dividiu as atenções com Shakira, Jamiroquai e a banda portuguesa D´zrt.Esta é a segunda versão do Rock in Rio em Lisboa, com 70 atrações e um público esperado de 400 mil pessoas. A primeira edição foi em 2004.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.