Guns N´ Roses apresentam processo contra Axl Rose

Dois ex-integrantes da banda de rock Guns N´ Roses apresentaram um processo contra Axl Rose, no qual alegam que o músico se declarou o único administrador dos direitos autorais do grupo, informaram fontes judiciais nesta sexta-feira. Saul Hudson, conhecido como "Slash", e Michael McKagan ("Duff"), ex-integrantes da banda, apresentaram a demanda em 17 de agosto junto à corte do distrito de Los Angeles contra o líder da banda, ao qual acusam de ter ficado com um percentual dos ingressos de direitos autorais da banda que correspondem a eles. Segundo os músicos, Rose, líder da banda nos anos 80, teria se beneficiado com meio milhão de dólares ao ano que não lhe correspondem. A demanda diz que Rose instruiu a Sociedade Americana de Compositores, Autores e Editores a enviar todos os benefícios com direitos autorais à sua companhia editorial. Rose "não está disposto a reconhecer que seus ex-sócios e membros da banda contribuíram com um dos maiores sucessos do rock", informaram na demanda. O advogado de Rose não retornou os telefonemas da AFP. Rose é o único membro da banda que tem o direito de tocar sob o nome Guns N´ Roses, banda que ficou conhecida com títulos como Welcome to the Jungle. Hudson e McKagan integram o grupo de rock Velvet Revolver.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.