Guitarra destruída por Kurt Cobain é vendida por US$ 100 mil

Fender Mustang foi esmagada pelo roqueiro durante primeira turnê do Nirvana; instrumento foi colado com fita

Associated Press,

24 de dezembro de 2008 | 14h42

Uma guitarra destruída pelo roqueiro Kurt Cobain foi vendida para um colecionador não identificado por US$ 100 mil. O corretor inglês Helen Hall afirmou que o instrumento foi o segundo item do cantor, morto em 1994, que alcançou o maior preço na venda. A guitarra pertencia ao roqueiro punk Sluggo of The Grannies and Hullabaloo.   A venda foi confirmada por Jacob McMurray, curador sênior do Experience Music Project de Seattle, cidade natal de Cobain. Lá a Fender Mustang também ficou exposta por alguns meses. "Realmente era uma guitarra bonita porque foi esmagada e depois colada com fita. Kurt Cobain escreveu nela", contou ele.   Sluggo informou que trocou uma guitarra em bom estado pela destruída durante a primeira turnê nos Estados Unidos da banda do roqueiro, o Nirvana. McMurray disse que o grupo estava em New Jersey quando Cobain destruiu a guitarra no palco e então buscava outra para tocar no próximo show.   Ele disse esperar que o comprador permita que o instrumento retorne a Seattle para uma exposição sobre Cobain que está sendo preparada para 2010. "Não há muitas guitarras quebradas do Nirvana por aí", acrescentou McMurray, explicando que a maioria está "em pedaços."

Tudo o que sabemos sobre:
NirvanaKurt Cobain

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.