Grupo de Eminem espanca integrantes do Esham

Nova confusão no mundo do hip hop. O D12, grupo do qual Eminem faz parte, foi expulso da Warped Tour por conta de um "ataque brutal" a um outro grupo que participava do evento, o Esham. As duas turmas são de Detroit e vêm trocando agressões públicas há vários anos. A briga envolveu cerca de 40 amigos dos integrantes do D12, que atacaram os rappers do Esham e do TNT com pedras e tacos de baseball nos bastidores do evento. Eminem não estava presente no show, o que já gerou especulações de que o ataque teria sido premeditado pelo D12. O rapper deveria participar do show do grupo em Nova York em poucos dias. O Esham e o TNT também foram expulsos da turnê. Eminem quer polêmica - O rapper Eminem foi convidado pela loja de departamentos nova-iorquina Bloomingdale´s para criar uma vitrine. O projeto - do qual também fazem parte Missy Elliott, Ludacris, Emil Wilbekin (editor-chefe da revista Vibe), AJ e Fre (VJs do canal de TV black BET), entre outros é para as vitrines de "volta às aulas", em setembro. O problema é que as idéias de Eminem não conseguiram aprovação da loja até agora. A primeira era a de um boneco de Eminem, sentado na privada e lendo a revista Vibe. A polêmica é o papel higiênico, que teria fotos de Britney Spears e Christina Aguilera. A Bloomingdale´s vetou a idéia. Em seguida, ele sugeriu a mesma cena, sem o papel higiênico, mas com o o aviso: "For a good time, call Britney" - alguma coisa como "para algum prazer, ligue para Britney", com uma contoção bem sexual. Veto de novo. "A gente gosta de coisas de bom gosto em nossas vitrines", disse o empresário Kal Ruttenstein, da loja de departamentos, em entrevista para a revista New York.

Agencia Estado,

07 de agosto de 2001 | 18h29

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.