Gravadoras na Justiça

Vinte e oito Estados americanos, entre eles o de Nova York, foram à Justiça contra a Warner, Sony, Universal, BMG e EMI sob a alegação de que as gravadoras teriam forçado as lojas de CD a aumentar o preço dos discos. A ação foi aberta nesta semana em um tribunal de Nova York.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.