Reprodução
Reprodução

Gravações inéditas dos Beatles são reunidas em coletânea

Lançamento de 'The Beatles Bootleg Recordings', com registros de 1963, pode ter sido motivado por mudança em lei de direitos autorais

EFE

17 de dezembro de 2013 | 15h09

Uma coletânea inédita de 59 gravações dos Beatles feitas em 1963 foi colocada à venda hoje na internet pelo Itunes. The Beatles Bootleg Recordings é um lançamento do selo Apple Records, criado pela banda, e inclui 44 canções interpretadas em programas da rádio BBC e 15 faixas alternativas realizadas em estúdio e nunca lançadas. No pacote, estão versões de There’s a Place, Please Please Me e I’m in Love, entre outras.

O lançamento, segundo especialistas, foi motivado por uma mudança recente na lei europeia de direitos autorais. Segundo ela, se a gravação de uma música não é lançada comercialmente durante um período de 50 anos, deixa de estar protegida pela lei de direitos autorais. Após o lançamento, no entanto, passa a ser protegida por um período de 70 anos. Assim, a coletânea agora lançada passa a pertencer aos artistas e à gravadora até 2084.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.