Grammy Latino tem tributo a Gil

O Grammy Latino 2003 será exibido hoje, a partir das 22 horas, pelo SBT, direto do American Airlines Arena, em Miami, sem a promessa de novidades. Esta 4.ª edição vai premiar 41 categorias e prestar homenagem à cubana Célia Cruz, morta em julho. Para os brasileiros, a cerimônia vai reservar, digamos, um atrativo a mais. Além de manter as habituais categorias que contemplam a música brasileira, a Academia Latina de Artes e Ciências Discográficas (Laras) nomeou o músico Gilberto Gil como Personalidade do Ano de 2003, em homenagem realizada ontem, no Loews Hotel, em Miami Beach. O tributo foi considerado pontapé inicial às comemorações do Grammy 2003."Gil demonstra uma vida de coerência, honestidade e talento. É um cantor extraordinário, compositor e instrumentista, um artista de muita classe", disse Manolo Diaz, presidente da junta do Laras, justificando a eleição do brasileiro. "Ele é um homem de muita sensibilidade, que sempre está defendendo o meio ambiente, um homem preocupado com os problemas do Brasil." O músico também está na disputa do Grammy, na categoria álbum contemporâneo brasileiro com Kaya N´Gan Daya ao Vivo, com Kid Abelha (Acústico MTV), Milton Nascimento (Pietá), o amigo Caetano Veloso (Live in Bahia) e Tribalistas (Tribalistas).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.