Grammy Latino será realizado em Miami

O Grammy Latino vai ser realizado em Miami desta vez, conforme decisão anunciada hoje. Em sua primeira edição, em 2000, o prêmio havia sido prometido à cidade, mas foi transferido para Los Angeles devido a protestos de exilados cubanos que não se conformavam com a presença de artistas de Cuba na cerimônia. No ano seguinte, o Grammy Latino deveria acontecer no dia 11 de setembro, também em Los Angeles, mas foi cancelado por causa dos ataques terroristas. Em 2002 houve cerimônia, mas novamente em Los Angeles, no Kodak Theater, casa do Oscar. Nesta quarta edição, Miami deverá ter sua vez. A cerimônia do Grammy Latino está marcada para o dia 3 de setembro no American Airlines Arena. A data foi divulgada pela Academia Latina de Artes e Ciências Discográficas em um anúncio publicado hoje no jornal The Miami Herald. A vitória de Miami não foi sem luta. A administração da cidade e a Academia Latina passaram meses negociando. Ao mesmo tempo, Nova York pôs todo o seu prestígio na briga para sediar a mesma premiação. "É hora de trazer oficialmente este espetáculo para Miami, uma das cidades dos Estados Unidos com maior diversidade cultural", disse Manolo Díaz, da Academia Latina. Mas a ameaça de protestos de exilados cubanos continua a existir. Um porta-voz dos exilados cubanos em Miami disse que se os produtores do Grammy Latino convidarem artistas cubanos, haverá manifestações. "Se Fidel Castro é tratado como um empresário de vagabundos e se o permitem enviar agentes cubanos ao evento - porque esses intérpretes não são artistas "então asseguro que voltaremos a organizar protestos", disse Emilio Izquierdo. O Grammy Latino premia músicos de gêneros latino-americanos em 41 categorias. Quando foi lançado, o mundo musical hispânico entrou em alvoroço, já que o Grammy é o prêmio mais importante da indústria fonográfica mundial. Mas o retorno do público americano não correspondeu ao prestígio: na última edição, o Grammy Latino foi visto por 4,2 milhões, bem menos do que os 7,5 milhões de telespectadores da entrega do prêmio no ano de estréia.

Agencia Estado,

02 de abril de 2003 | 17h18

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.