Grammy começa com Simon e Garfunkel

A cerimônia da 45ª edição do Grammy teve uma abertura emocionante e premiações previsíveis. Enquanto Paul Simon e Art Garfunkel tiraram lágrimas ao subir ao palco do Madison Square Garden para executar um de seus clássicos, The Sounds of Silence, premiados como Eminem apareciam como uma canção repetida mil vezes numa rádio. O rapper ganhou o prêmio de melhor álbum de Rap, por The Eminem Show. Além dele, outros escolhidos da noite sinalizaram algo sobre o espírito do Grammy 2003. Bruce Springsteen, por exemplo, levou três Grammys, por The Rising, seu disco inspirado no 11 de setembro de 2001. O roqueiro ganhou em melhor álbum de rock, melhor vocalista masculino e melhor canção de rock. Norah Jones, a filha do indiano Ravi Shankar, mostrou também que seu sucesso no cenário dá resultado. Ela ganhou o Grammy de melhor álbum pop vocal, com seu Come Away With Me. O disco também ganhou os prêmios técnicos de melhor engenharia de som e produção do ano, na prévia não televisada da cerimônia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.