Governo dominicano censura e proíbe reggaeton

O governo dominicano proibiu nesta quinta-feira a difusão por emissoras de rádio e televisão de sete canções de reggaeton dos porto-riquenhos Julio voltio, Yaviah e Residente Calle 13.As canções proibidas pelas autoridades são: Ja ja,interpretado por Yaviah; Chulín culín chunfly, con JulioVoltio, e Ojalai, Vamos Animal, Cabeceo, La Madre DeLos Enanos, Se Vale To-To, Pi-Di-Di-Di e La Tripleta,do grupo Residente Calle 13. Segundo a Comissão de Espetáculos Públicos e Radiofônicos as canções atentam contra a dignidade da mulher, os bons costumes da sociedade, incitam ao consumo de substâncias controladas, entre outros.A comissão advertiu que as canções proibidas não poderão ser difundidas nas emissoras de rádio, canais do sistema de televisão à cabo, teatros e salas de espetáculos, lanchonetes, restaurantes e outros estabelecimentos públicos.Há tempos as autoridades vêm censurando o reggaeton, assim como a presença de seus intérpretes, em meio à crescente popularidade que registram. Críticos locais sustentam que a comissão se baseia em um regulamento obsoleto que data da época da ditadura de Rafael Leônidas Trujillo (1930-1961), e que deveria ser adequada ao presente democrático do país.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.