Gloria Trevi conquista um disco de ouro no México

A cantora mexicana Gloria Trevi conquistou o disco de ouro no México por ter vendido mais de 50 mil unidades de seu álbum antológico "La Trayectoria", que foi lançado há dois meses, segundo informou hoje sua gravadora.O disco inclui quatro canções inéditas, "El Secreto","Estrella de la Mañana", "Sufran con lo Que Yo Gozo" e "Todos meMiran", sucesso que logo ficou nos primeiros lugares das listas das rádios do país.A Associação Mexicana de Produtores de Discos do México (Amprofon) concedeu este reconhecimento a Gloria pelas vendas altas do disco que gravou ao vivo durante suas apresentações no Palácio dos Esportes da Cidade do México e na Arena de Monterrey, em março de 2005, segundo comunicado divulgado pela Univision Music.Estes shows marcaram a volta de Gloria após nove anos de ausência dos palcos. Ela foi presa no Brasil em 2000, junto com seu ex-empresário Sérgio Andrade a sua dançarina María Raquenel Portillo, acusados de rapto e corrupção de menores. Os três ficaram presos em Brasília, onde Gloria ficou grávida e teve um filho na prisão, Angel Gabriel, supostamente de seu ex-empresário. Gloria e María foram extraditadas em 2002 absolvidas algum tempo depois, enquanto Sérgio Andrade permaneceu preso em Brasília e só foi extraditado no final de 2003.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.