Giorgio Armani acusa Dolce & Gabbana de copiar calça

'Hoje, copiam; amanhã aprenderão', disse o estilista que dá nome à grife; peça é dedicada ao público jovem

EFE

19 de janeiro de 2009 | 12h46

O estilista italiano Giorgio Armani acusou seus colegas da grife Dolce & Gabbana de copiar uma de suas peças para a coleção de outono-inverno 2009-2010 que apresentaram na Semana de Moda Masculina de Milão.   "Hoje, copiam; amanhã aprenderão", disse Armani, quando um de seus colaboradores lhe mostrou a fotografia de um das calças da coleção da Dolce & Gabbana, publicou nesta segunda-feira, 19, a imprensa italiana.   Os veículos de comunicação da Itália mostram as fotos das calças que Armani acusa a Dolce & Gabbana de ter copiado da coleção que apresentou "Empório" (dedicada ao público mais jovem) na temporada passada.   Ambas são escuras, largas e ambos em tecido acolchoado, uma das características da coleção apresentada no sábado durante a Semana de Moda Masculina de Milão.   "São iguais aos nossos", afirmou Leo Dell'Orco, assistente de Armani, acrescentando "as fotos falam por elas sós. Copiaram-nos".   No entanto, segundo a imprensa, Armani não se aborreceu demais pelo suposto plágio, já que, após ver a foto da calças, dobrou o papel e sorriu.

Tudo o que sabemos sobre:
Giorgio ArmaniDolce & Gabbana

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.