Divulgação
Divulgação

Gilberto Gil tem alta prevista para quarta-feira, dia 9

Informação da assessoria de imprensa do cantor não é confirmada pelo Hospital Sírio Libanês, que cuida de Gil há onze dias

O Estado de S.Paulo

07 de março de 2016 | 15h36

O cantor Gilberto Gil segue internado no Hospital Sirio Libanês, em São Paulo. A assessoria de imprensa do hospital responde aos jornalistas dizendo que o que vale ainda é um boletim médico divulgado no dia 29 de fevereiro, às 17:30. Segundo o texto, Gil está internado "em razão de quadro de hipertensão arterial, devendo permanecer em observação e tratamento clínico." ​As equipes médicas que o acompanham são coordenadas pelos médicos Roberto Kalil Filho e Paulo Cesar Ayrosa Galvão.

A assessoria do cantor também diz que não há novidades com relação a essas informações. O quadro de hipertensão arterial estaria associado a problemas renais que já haviam sido diagnosticados pelo cantor, informa a assessora Gilda Matoso. Ela também diz que a alta de Gil está marcada para a próxima quarta-feira, dia 9. O hospital, no entanto, não confirma esta informação.

Gil está internado há 11 dias. Uma outra alta prevista para o último dia 2 não aconteceu. Em sua agenda estão marcados shows em abril, por Europa e Estados Unidos, ao lado de Caetano Veloso, de sua recente turnê 'Dois Amigos - Um Século de Música'. 

Tudo o que sabemos sobre:
Gilberto Gil

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.