Gilberto Gil faz 64 anos em Londres ao ritmo dos Beatles

O ministro da Cultura Gilberto Gil completa, nesta terça-feira, 64 anos, e comemorou a data com um show em Londres no qual lembrou o ex-Beatle Paul McCartney, que também chegou aos 64 há poucos dias.Gil, que foi ovacionado pelo público londrino, suspendeu por um dia suas obrigações como ministro da Cultura e demonstrou que está em plena forma no show que levou duas mil pessoas ao Barbican Centre. "Hoje completo 64 anos", anunciou o músico a uma platéia que enlouqueceu quando ele começou a cantar When I´m Sixty-Four (Quando eu tinha 64 anos), famosa canção dos Beatles na qual McCartney se perguntava como seria sua vida quando chegasse a essa idade.No último dia 18, o ex-integrante do célebre quarteto de Liverpool pôde responder a essa pergunta."Quando virem Paul, dêem uma ´Feliz aniversário´ meu. Ele fez anos no domingo (18 de junho) e eu faço hoje", brincou Gil depois que o público cantou a melodia dos Beatles e um entusiasmado Parabéns pra você.A apresentação faz parte do festival Tropicália, organizado pelo Barbican em comemoração aos 40 anos - que se completarão em 2007 - do movimento cultural que revolucionou a música popular brasileira no período da ditadura militar.Vários músicos brasileiros já se apresentaram no festival, entre eles Gal Costa, Tom Zé, Caetano Veloso, Mutantes e Afro-reggae.O show em Londres certamente deve ter trazido muitas lembranças para Gil, que se exilou na capital londrina em 1969 com Caetano Veloso depois de ter sido submetido a um regime de confinamento.No show de hoje, Gil relembrou alguns dos seus maiores sucessos, como Andar com Fé, Vamos Fugir, Camarote e Toda Menina Baiana, músicas que fizeram a platéia vibrar.Gil também fez um tributo a Bob Marley e interpretou o clássico Could You Be Loved e uma particular versão em bossa nova de Imagine, a célebre canção do ex-Beatle John Lennon (1940-1980).Ovacionado pelo público, Gil mandou beijos e se despediu dançando aos gritos de "Obrigado Londres!".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.