Reprodução Globoplay
Reprodução Globoplay

Gilberto Gil e Juliette se emocionam em live junina e pedem cautela e vacina

Gil pediu cautela aos brasileiros que estão fazendo festa durante a pandemia; Juliette disse: "Cuidem-se. Vacinem-se para estarmos aqui no ano que vem"

Redação, O Estado de S. Paulo

13 de junho de 2021 | 19h20

Emocionado, Gilberto Gil voltou aos palcos neste domingo, 13, para uma live junina e recebeu a BBB Juliette Freire. Juntos, eles cantaram Asa Branca, Estrela e Esperando na Janela. "É uma energia tão linda", disse a vencedora do reality show. "É uma maravilha ter você aqui, que cresceu com essas festas", respondeu Gil. "É nossa alma dançando forró", continuou Juliette. E Gil, emocionado, disse a si mesmo: "Deixa chorar".

A live de pouco mais de uma hora foi transmitida pela Globoplay, com sinal aberto para não assinantes, e a apresentação, sem plateia, foi no palco da Cidade das Artes, no Rio de Janeiro. Na banda que acompanhou Gil estavam seus filhos, ou, como ele disse, "o pessoal lá de casa": Bem, José e Nara. No repertório, músicas de Gil, Luiz Gonzaga, Dominguinhos e tantos outros compositores.

Gilberto Gil abriu a livre cantando Andar com Fé. Seguiu com Mulher de Coronel, Assim, sim, Respeita Januária, O xote das meninas, Eu só quero um xodó, Refazenda, entre outras. Depois de cantar Paraíba, Juliette, paraibana, subiu ao palco. Gil continuou o show, depois da participação da BBB, com Procissão e cantou, ainda, músicas como Madalena, A novidade e Toda menina baiana.

Gil falou pouco durante a apresentação, mas pediu cautela e paciência à população. "Esse ano não tem fogueira de novo, mas algumas pessoas estão se aventurando e fazendo festa. Cuidado. Santo Antônio, São João e São Pedro estão pedindo para a gente aguardar", disse o músico.

Com quase uma hora e meia de live, já nos momentos finais, Juliette voltou ao palco e, com Gil, cantou, mais uma vez Esperando na Janela. "Cuidem-se. Vacinem-se para estarmos aqui no ano que vem", disse ela, ao deixar a apresentação.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.