Divulgação
Divulgação

Gilberto Gil e Caetano Veloso participam de especial de fim de ano de Roberto Carlos

Os três artistas que um dia estiveram no front da luta pelas biografias não autorizadas se reencontram pela primeira vez depois da conturbada saída de Roberto do grupo Procure Saber

Julio Maria, O Estado de S.Paulo

07 Novembro 2016 | 19h12

 Roberto Carlos vai rever os amigos Caetano Veloso e Gilberto Gil durante as gravações de seu especial de fim de ano. Eles já ensaiaram no estúdio particular de Roberto, na Urca. 'Marina Morena', de Dorival Caymmi, será uma delas. Outra, segundo fontes, mas ainda mantida em segredo, deve ser 'Quero que vá tudo pro inferno'. Será um marco na carreira de Roberto se ele de fato cantar essa música. O artista não fala a palavra “inferno” há mais de 20 anos.

Esta deve ser a edição da derrubada de tabus e estar ao lado de Caetano Veloso será um deles. Roberto saiu pelas portas dos fundos da Associação Procure Saber, a entidade liderada por Paula Lavigne (mulher e empresária de Caetano) depois que a opinião pública caiu de paus e pedras, sem piedade, sobre os artistas que defendiam as biografias autorizadas. O bloco do qual faziam parte Caetano, Gil e Roberto rachou. Gil calou-se, Caetano escreveu palavras contra a postura de Roberto e o Rei se mandou depois de uma desastrosa entrevista ao programa 'Fantástico'. Agora, eles estão juntos, de novo, mas desta vez sobre um palco. O especial será gravado pela Globo terça (8) e quarta (9). A exibição será em dezembro, ainda sem data definida.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.