Gil tem encontro com ministro da Cultura francês

Os ministros da Cultura do Brasil e da França, Gilberto Gil e Jean Pierre Aillagon, reúnem-se domingo no Hotel Majestic de Cannes, cidade sede do Midem, o maior evento internacional da indústria fonográfica e do qual participam 94 países, quase 3.975 empresas, cerca de 1.000 artistas (cantores e autores musicais) um acontecimento coberto por 750jornalistas credenciados. Essa é, no plano internacional, a primeira participação de Gilberto Gil como ministro daCultura. Como artista, porém, Gil já participou de diversas das edições anteriores do Midem.Esse ano, o Midem terá uma cara bem brasileira, pois o País foi o tema escolhido por seus organizadores. Diversosshows estão previstos, organizadas pelo Cebrae e pela embaixada brasileira, patrocinadas pela Petrobrás. Um grandepavilhão brasileiro foi montado, onde deverão ocorrer diversas manifestações artísticas e de promoção da música brasileira.O novo ministro da Cultura deverá manter diversos contatos com setores culturais e artísticos de outros países que participamdesse evento, mas na terça feira estará de volta a Paris, onde tem encontro marcado com o ex-ministro da Cultura da França,Jack Lang. Esse encontro ocorrerá na residência do embaixador Marcos Azambuja, antecedendo uma recepção na qual GilbertoGil deverá se encontrar com muitas personalidades do setor das artes, da música e da cultura francesa.Assim como o programa que está sendo preparado para o presidente Luís Inácio da Silva, no dia 28, a passagem de Gilberto Gil pela França não se limita a contatos com as autoridades atuais do país, mas também com outros setores, inclusive da oposição socialista, velhos conhecidos e amigos do novo presidente brasileiro e de seu ministro da Cultura. Gil terá um encontro também com o diretor geral da Unesco, Koichiro Matsuura, agendado pelo delegado brasileiro junto a essa organização, Israel Vargas. Avolta do ministro ao Brasil está prevista para a próxima quinta feira.Veja o índice de notícias sobre o Governo Lula-Os primeiros 100 dias e os ministérios

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.