Gil recebe diploma de embaixador na Dinamarca

O ministro da Cultura e cantor Gilberto Gil, ao ser nomeado noje o embaixador do bicentenário de nascimento de Hans Christian Andersen, que ocorre no próximo ano, disse que o escritor dinamarquês foi único e jamais será esquecido.Gil recebeu o diploma de embaixador e um botom comemorativo do bicentenário, das mãos do ministro da Cultura dinamarquês Brian Mikkelsen. Gil está na cidade para manter conversações com Mikkelsen e também para participar do Festival de Jazz que se realiza todos os anos em Copenhague."Seus contos fabulosos, seu pensamento universal deixam a certeza de que ele jamais será esquecido. Eu sou fascinado pela mágica de Andersen", disse Gil, que é a terceira personalidade da América do Sul a ser nomeada para a tarefa de divulgar a obra de Andersen pelo mundo. O grande autor da literatura infantil mundial escreveu clássicos como O Patinho Feio, nasceu em 1805 e morreu em 1875.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.