George Michael detona a música inglesa

George Michael disse que comprou o piano de John Lennon porque a peça simboliza "um marco na cultura inglesa". O cantor reclamou, em um artigo do "Sunday Times", que a indústria fonográfica do país está "obcecada com jovens bonitinhos". "Os executivos passaram os últimos 15 anos tentando separar os artistas de sua arte e eles finalmente tiveram sucesso", disse ele. "Eles estão privando o país de um de seus maiores valores." Michael disse ainda que a música inglesa já representou 32% das vendas de discos nos Estados Unidos e hoje esse número não chega a 0,2%. "Entendo os americanos. Por que eles comprariam o lixo que está sendo feito agora?"

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.