George Harrison diz que quer morrer

O ex-Beatle George Harrison afirmou ao produtor da lendária banda de Liverpool, Sir George Martin, que espera que o câncer termine logo com sua vida, segundo informou o jornal inglês The Mail on Sunday. Harrison teria comunicado a seu amigo e ex-produtor, apelidado de "o quinto Beatle", que não teria muito tempo de vida. "Ele está aceitando a idéia com tranqüilidade. Tem um espírito indomável, mas sabe que vai morrer logo e aceita", disse Martin.George Harrison tem 58 anos e fez um tratamento contra um câncer no cérebro, na Suíça, o mês passado. É sua terceira batalha contra a doença. Em 1988 ele se submeteu a um tratamento contra câncer na garganta, que ele atribuiu na época ao cigarro. Há quatro meses foi operado de um câncer no pulmão. Há um ano e meio, Harrison sobreviveu a um ataque mortal de outra natureza, quando um desconhecido invadiu sua casa, perto de Londres, e o atacou com uma facada no peito. Olivia, sua mulher, o salvou após golpear o homem na cabeça com um abajur.Harrison era conhecido como o "Beatle calado" durante a época de ouro do grupo na década de 60 e foi considerado um importante músico depois que o grupo se separou em 1970. Harrison viveu muitos anos à sombra de John Lennon e Paul McCartney, mas depois que o grupo se desintegrou, lançou um álbum triplo intitulado Todas as Coisas Devem Passar, que o popularizou como guitarrista e cantor, além de conquistar sucesso mundial com a canção My Sweet Lord.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.