Gays exigem postura crítica contra Eminem

O mundo pop não quer se envolver na polêmica em torno de Eminem. As entidades que defendem os direitos dos gays nos Estados Unidos estão reclamando que nomes conhecidos da música estão se recusando a criticar o discurso homofóbico do rapper. "Ninguém quer correr o risco de não parecer bacana e falar mal de Eminem", acusa o porta-voz da Gay and Lesbian Alliance Against Difamation, Scott Seomin. A controvérsia aumentou nos últimos dias com a notícia de que Elton John vai se apresentar ao lado do rapper na cerimônia do Grammy, nesta quarta-feira. "Elton John quer se promover às custas de Eminem", acusou Boy George, um dos únicos artistas a se pronunciar contra as letras do rapper. "É muito injusto, quando você pensa nos meninos afeminados que apanham todos os dias nas vizinhanças pobres de todo o mundo."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.