Funk de verdade tem espaço em SP

Se fosse contabilizar, o grupo Funk como le Gusta (FCLG) já estaria próximo de bater recordes de shows na Choperia do Sesc Pompéia. Não só isso. Na maioria das vezes em que passou por esse palco, deixou muitos outros artistas que já se apresentaram lá com inveja. Para reforçar o constante sucesso no local - e em São Paulo -, mais uma vez, a big band toca amanhã. Endossando a criatividade do FCLG, a cantora Elza Soares, pela primeira vez, dá uma canja no show da turma, que faz funk de verdade."É sempre muito bom tocar com os artistas mais antigos, que são as nossas referências. A troca é sempre muito informativa; não é uma questão de estratégia para chamar público", afirma Bid, compositor e porta-voz do grupo. Elza vai cantar três músicas com o FCLG: Mas Que nada, Edmundo e uma surpresa, não revelada por ele. "A gente tem muita vontade de registrar esses momentos com os nossos convidados num DVD."O primeiro disco do grupo, Roda de Funk, lançado em 1999, tem parte dessa intenção, entretanto, assim como a quantidade de apresentações no Sesc Pompéia e em outros lugares de SP, os encontros também foram fartos. Entre os admiradores da música do FCLG estão Fernanda Abreu, Sandra de Sá e Gérson King Combo.Segundo Bid, 2001 é o ano em que a banda vai percorrer o País. "Depois de São Paulo, onde a gente conquistou um público superfiel praticamente sem mídia, fazendo boca a boca e sem nenhum tipo de jabá, nós queremos levar a música pelo Brasil. A experiência no festival Rec-Beat (no Recife) foi maravilhosa", conta ele. Faz parte desse objetivo a reedição do CD Funk de Roda, que agora ganha a distribuição da gravadora Trama. "Neste ano, vamos apenas compor e, em 2002, devemos gravar. Mas ainda não sabemos por onde o novo CD será lançado."Enquanto isso, alguns integrantes dessa grande banda (tanto em tamanho quanto em qualidade artística) vão mostrar trabalhos paralelos. Bid é um deles. Até julho, ele termina seu primeiro CD. Um lançamento aguardado, pois o homem é um produtor super-requisitado. Também da turma, um biscoito fino está próximo de chegar ao mercado, ainda no primeiro semestre: o disco da cantora Paula Lima, produzido por Max de Castro.Funk Como Le Gusta - Nesta quarta-feira, às 21 horas. R$ 6,00 e R$ 12,00. Choperia do Sesc Pompéia. Rua Clélia, 93, tel. 3871-7700

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.