REUTERS/Jonathan Alcorn
REUTERS/Jonathan Alcorn

Fundador da Tower Records morre enquanto assistia ao Oscar nos EUA

Russell Solomon criou um modelo de negócio que mudou o jeito de as pessoas consumirem música ao redor do mundo; ele tinha 92 anos

AP

05 Março 2018 | 20h34

SACRAMENTO, Calif. — Russell Solomon, fundador da rede de lojas de discos Tower Records, transformadora para o jeito que as pessoas consumiam música ao redor do mundo, morreu aos 92 anos.

O jornal The Sacramento Bee diz que Solomon estava assistindo à cerimônia do Oscar 2018, no domingo, 4, com sua esposa, quando morreu, em sua casa, na cidade de Sacramento. Seu filho, Michael Solomon, diz que Russell morreu de um ataque do coração.

Solomon inventou o modelo de negócio pioneiro que permitia que as pessoas examinassem discos de todos os gêneros musicais em apenas um lugar. No seu auge, a Tower Records tinha lojas em 20 países, e uma delas, em Tóquio, era a maior loja de música do mundo.

A empresa saiu de cena em 2006.

Solomon e a Tower Records foram tema de um documentário em 2015, feito pelo ator Colin Hanks.

Mais conteúdo sobre:
Russell Solomon

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.