Free Jazz: alternativo mas não muito

Em seu 15º ano de existência, o Free Jazz, maior festival de jazz brasileiro e terceiro do mundo, está mais próximo do que nunca da música alternativa. Mas não esqueceu de suas raízes afro norte-americanas. Se na edição passada o jazz tradicional voltou a ser o centro das atenções devido aos shows de Nicholas Payton, do quarteto de Charles Lloyd, do veterano pianista George Shearing e do inventivo trio Medeski, Martin & Wood, neste ano é a música pop a tônica do evento. Entre os estrangeiros destacam-se Sean Lennon, filho de John Lennon e Yoko Ono, Sonic Youth, Manu Chao, Leftfield, D´angello e Talvin Sight. Entre os brasileiros, Moreno Velloso, filho de Caetano, e o techno-panderista Marcos Suzano são os nomes mais aguardados pelos públicos carioca e paulista. No entanto, são muitos os representantes do Jazz que sustentam a existência do nome do festival. Destaque para os veteranos, ambos com mais de 70 anos, Ray Brown (baixo) e Max Roach (bateria). Na ativa há mais de 50 anos, os dois tocaram com os principais nomes do Jazz de todos os tempos, entre eles Charlie Parker, Miles Davis e Dizzy Gillespie. A vertente experimental tem como baluartes o Art Ensemble of Chicago, Irving Mayfield e Greg Osby. João Donato e Chucho Valdés representam a fusão do gênero com a música latina. Um é de Cuba, outro, nasceu no Acre. Ravi Coltrane, filho de John Coltrane, segura a bandeira da nova geração. O Free Jazz 2000 será realizado nos mesmos locais do ano passado: Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro e Jockey Club de São Paulo. A fórmula de três palcos, que funcionou muito bem em anos anteriores foi mantida. No Club tocam os nomes mais tradicionais, no Main Stream, os mais famosos (pop) e no New Directions, as apostas para o futuro. A edição 2000 do festival nasce com o drama de poder ser a última. Se as novas restrições para a propaganda de cigarros forem aceitas no Senado, a companhia Souza Cruz, patrocinadora oficial, pode deixar de organizá-lo. Com isso, a Dueto, empresa que responde pelo evento, ficará na dependência de encontrar uma nova marca interessada em patrocinar o Free Jazz.Palcos - A maratona de shows começa nesta quinta-feira no Rio de Janeiro com shows do bandolinista brasileiro Hamilton de Holanda e do veterano baterista Max Roach, no palco Club. Na seqüência, no palco New Directions tocam Irving Mayfield e Greg Osby, na noite considerada a mais jazz do festival. Fechando o dia, o rock "barulhento" alternativo do Sonic Youth e o rock bossa-nova de Sean Lennon. Esta mesma programação se repete em São Paulo na sexta-feira. Abrem a noite de sexta, no Rio, e de sábado, em São Paulo, no palco Club o pianista cubano Chucho Valdés, o pianista brasileiro João Donato e o baixista Ray Brown. No palco New Directions tocam Moreno +2 e um dos mais badalados músicos da atualidade, o francês Manu Chao, ex-líder do Mano Negra. No Main Stage, as batidas eletrônicas com teclados psicodélicos do Leftfield e o trip-hop açucarado do Moloko traçam um panorama do que vem sendo produzido de novo na velha Inglaterra. A última noite começa com bastante experimentalismo. Apresentam-se no palco Club Ravi Coltrane, filho do lendário John Coltrane e os revolucionários do Art Ensemble of Chicago. Logo em seguida, no palco New Directions, a tecno batucada de Marcos Suzano encontra o tecno indiano de Talvin Singh e a música experimental do sueco Jay Jay Johanson. Para fechar o festival, uma viagem que passa pela África pós-moderna de Femi Anikulapo-Kuti e sua banda The Positive Force, e pela black music moderna de D´angello. Free Jazz Festival - de 19 a 21 de outubro no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro e de 20 a 22 de outubro no Jockey Club de São Paulo; Ingessos:Main Stage Sean Lennon | Sonic Youth ESGOTADO EM SP (19 no Rio e 20 em SP)Moloko | Leftfield (20 no Rio e 21 em SP)Femi Anikulapo-Kuti & The Positive Force | D´Angelo (21 no Rio e 22 em SP)New Directions Irvin Mayfield | Greg Osby ESGOTADO EM SP (19 no Rio e 20 em SP)Moreno + 2 | Manu Chao ESGOTADO EM SP E RJ (20 no Rio e 21 em SP)Marcos Suzano | Talvin Singh (Untouched Tour) with visuals from Annie 001 Jay Jay Johanson ESGOTADO RJ (21 no Rio e 22 em SP)ClubHamilton de Holanda | Max Roach ESGOTADO EM SP E RJ (19 no Rio e 20 em SP)Chucho Valdés | João Donato | Ray Brown ESGOTADO EM SP E RJ (20 no Rio e 21 em SP)Ravi Coltrane | Art Ensemble of Chicago ESGOTADO EM SP E RJ (21 no Rio e 22 em SP)

Agencia Estado,

19 de outubro de 2000 | 01h11

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.