Francisco Petrônio morre aos 83 anos em São Paulo

Morreu na madrugada desta sexta-feira, aos 83 anos, no Hospital Santa Paula, Francisco Petrônio, "a voz de veludo do Brasil". O cantor estava internado desde domingo por causa de uma infecção abdominal. Petrônio será velado a partir das 11 horas no cemitério do Araçá. Francisco Petrônio, nascido em São Paulo, gravou 54 discos. O mais recente, No Palco com Francisco Petrônio, foi lançado em maio de 2005. Ele ficou famoso interpretando o bolero Agora, mas estourou com a canção Baile da Saudade, lançada em 1964. Outros sucessos foram Castiguei e Segredo. O cantor também trabalhou na televisão. Em 1966, criou o programa Baile da Saudade, na Rede Globo, aproveitando a boa receptividade da música que levava o mesmo nome. Passou depois por muitas outras emissoras, como Bandeirantes, Record, Cultura e Gazeta.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.