Forró esquenta programação do Sesc

O show do músico, compositor e pesquisador de danças regionais Tião Carvalho, que ocorre nesta terça-feira, às 20 horas, dá início à programação Forró Certeiro - Música Nordestina para Festejos, do Sesc Consolação. Tendo como mestre-de-cerimônia Miltinho Edilberto e a Banda Forró de Viola, o projeto levará ao Hall de Convivência do Sesc mais três apresentações. Quarta-feira será a vez de Jean e Paul Garfunkel mostrarem o forró urbano. Na semana que vem, a série continua com o som caipira de Renato Teixeira, na terça, e os forroseiros Maurício Alves e Siba, do Mestre Ambrósio, na quarta-feira.Vencedor do Prêmio Sharp de revelação regional com o CD instrumental Viola Que Fala, em 1998, o folclorista Miltinho viajou pelo País por mais de 15 anos realizando uma pesquisa de ritmos. O disco Forró do Miltinho, no qual ele utiliza diversos ritmos do Norte e Nordeste do Brasil, é seu mais recente trabalho. "Para mim, o forró é formado por uma série de ritmos, um leque de variedades da música nordestina", afirma.Para a noite de abertura de Forró Certeiro, Miltinho convidou o músico Tião Carvalho. Integrante da banda Mafuá e fundador dos grupos Cupuaçu, em São Paulo, e Saia Rodada, em Campinas, o maranhense tem canções gravadas por Cássia Eller e Ná Ozzeti, além de ser um dos agitadores das festas do Bumba-Meu-Boi, no Morro do Querosene. "Tião foi um dos precursores do forró universitário", diz Miltinho. "Antes de começar essa febre com as bandas novas, nós já tínhamos iniciado esse movimento."Quarta-feira será a vez da dupla Jean e Paulo Garfunkel colocar o público para requebrar ao som do forró "urbano", como classifica Miltinho. "O mais interessante deste evento é que os artistas realizam trabalhos distintos, mas que têm o forró como ponto em comum", explica o mestre-de-cerimônia.Indignado com a descaracterização do forró por bandas atuais, Miltinho acredita que há muita gente fazendo forró pasteurizado, ou de "plástico", como prefere chamar. "Estão trocando a sanfona pelo teclado. Isso não é forró, nem forró moderninho. Não quero dizer que não tenha qualidade, mas falta autenticidade", diz Miltinho, que deve lançar seu segundo disco de forró, pela Abril Music, depois do carnaval.Forró Certeiro. Terça e quarta, às 20 horas. Entrada franca. Sesc Consolação. Rua Doutor Vila Nova, 245, tel. 234-3012. Até 24/1

Agencia Estado,

15 de janeiro de 2001 | 16h33

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.