Folk embala novos discos de Merchant e Jewel

Duas cantoras respeitadas pela crítica e adoradas por seu fãs estão de disco novo: Natalie Merchant lança Motherland, e Jewel chega com This Way. Apesar de idades diferentes, Merchant e Jewel tem uma carreira baseada em letras cerebrais e na folk music. Ambas assumem influência de cantoras com Joni Mitchell e Joan Baez em suas composições.Natalie Merchant é mais conhecida como a ex-vocalista do grupo 10.000 Maniacs, do qual se desligou em 1994. Mas conseguiu manter uma boa parte dos fãs do Maniacs também na carreira solo. O mérito é todo dela. Merchant escreve a maioria de suas canções, toca piano e tem um timbre de voz único. Não quer ser uma estrela pop, mas sim interpretar canções sinceras e honestas para o seu público.Neste quarto álbum, ela traz de volta a maturidade mostrada no primeiro trabalho solo, Tigerlilly, de 95. Logo no primeiro single, o contagiante Just Can?t Last, ela mata a saudade dos velhos tempos do 10.000 Maniacs. O mesmo acontece com Tell Yourself. Logo depois, em This House Is On Fire, a cantora inova e ataca com um reggae cadenciado. Outra boa novidade é Worst Thing, que traz um arranjo caprichado e um violão flamenco. Para quem gosta do piano de Merchant, I?m Not Gonna Beg é a música do disco.A vitalidade musical de Merchant também é destaque na balada Put The Law On You, com um órgão Hammond de fundo, no blues/rock Build a Levee, com participação da cantora gospel Mavis Staples, na faixa-título, uma balada acústica que lembra o bluegrass de Alison Krauss, e na belíssima Ballad Of Henry Darger, que traz um arranjo delicado com direito a cello e quarteto de cordas. Outra influência de Merchant é a banda americana R.E.M.. Isso pode ser comprovado na canção Golden Boy. Logo no primeiro acorde o ouvinte já espera a voz de Michael Stipe, voz do grupo da Geórgia. Merchant é um consolo e tanto para os ouvidos.Jewel - Depois de estourar com seu álbum de estréia em 95, Jewel resolveu mudar um pouco o repertório no segundo disco, Spirit, de 98, e não conseguiu repetir o bom desempenho nas vendas. Spirit trazia a cantora em músicas lentas, quase hipnóticas, e não agradou aos fãs. Agora, com This Way, ela retoma as influências country de Bonnie Raitt e o folk de Suzanne Vega em canções mais animadas como Cleveland e Standing Still, primeiro single do CD. Outra candidata a hit é Everybody Needs Someone, uma levada pop que remete o ouvinte aos primeiros trabalhos das cantoras Sheryl Crow e Sophie B. Howkins.Com sua aparência de anjo, Jewel não poderia abandonar totalmente as baladas. This Way, Till We Run Out Of Road e I Won?t Walk Away são um perigo para os diabéticos de plantão. O disco ainda traz duas faixas bônus gravadas ao vivo: Grey Matter, mais uma baladona, e a pop acústica Sometimes It Be That Way.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.