Foi loucura, diz o "ex-marido" de Britney Spears

Durou 55 horas o casamento da ex-musa da inocência Britney Spears. No sábado, vestindo calça jeans e boné, a cantora uniu-se ao amigo de infância Jason Allen Alexander em Las Vegas, famosa por realizar casamentos relâmpago com pouquíssima burocracia e nenhuma pompa. Ontem, saiu a anulação oficial da cerimônia, que sua gravadora, Jive, explicou tratar-se de uma brincadeira que foi longe demais."Eles fizeram um decisão sábia", disse o adgovado da cantora, DavidChesnoff. "Eu sei que eles se preocupam um com o outro. São amigos." Conforme o pedido de anulação, a cantora carecia de compreensão de seus atos, o que a tornaria incapaz de concordar com o casamento. A petição diz ainda que, antes de se casarem, Britney e Alexander não conheciam as preferências e os desejos do parceiro no que diz respeito a filhos e residência. Quanto tomaram conhecimento, perceberam a incompatibilidade, daí o pedido de anulação.Na versão do "ex-marido", o casamento foi um impulso. Em entrevista ao Access Hollywood, o jovem de 22 anos, mesma idade da cantora, contou que eles estavam se olhando quando decidiram fazer algo "louco", daí a idéia do casamento. Logo depois, perceberam que teriam de reparar o impulso. O advogado da cantora garante que ela estava sóbria na ocasião.

Agencia Estado,

06 de janeiro de 2004 | 11h40

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.