Fiscais do Trabalho interditam obras no Rock in Rio

O Ministério do Trabalho informou que a medida foi tomada 'diante do grave e iminente risco à integridade física dos trabalhadores'

AYR ALISKI, O Estado de S. Paulo

15 Julho 2015 | 20h34

Auditores Fiscais do Trabalho da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego no Rio de Janeiro (SRTE/RJ) interditaram parcialmente, na tarde desta quarta-feira, 15, a montagem de uma das estruturas do Rock in Rio, na Zona Oeste da capital. Em nota, o Ministério do Trabalho informa que a medida foi tomada "diante do grave e iminente risco à integridade física dos trabalhadores, sobretudo de queda de 15 metros de altura, na montagem da Tenda VIP, devido à ausência de dispositivos de ancoragem".

Segundo o Ministério, os organizadores do evento foram notificados para resolver o problema, elaborando projeto técnico de montagem das lonas de cobertura da tenda de acordo com a Norma Regulamentadora 35 (NR-35), voltada ao trabalho em altura. Durante a paralisação dos serviços, os empregados devem receber como se estivessem em efetivo exercício. A fiscalização continua em andamento para averiguar a possibilidade de outras irregularidades.

Mais conteúdo sobre:
Rock in Rio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.