Fino Coletivo se apresenta em São Paulo

Formado por um septeto de jovens compositores cariocas e alagoanos, o grupo Fino Coletivo mostra, pela primeira vez em São Paulo, a sua mistura de samba com eletrônica (e outras batidas mais) no Grazie a Dio!.A banda já existe há cerca de seis meses, quando ocantor e compositor crescido em Alagoas, Wado, trocava idéiasjunto ao também cantor e guitarrista carioca Marcelo Frota."Pensamos que a união das turmas de Maceió e do Rio pudesseacrescentar algo interessante à música brasileira", diz Wado.Para os mais curiosos, uma palhinha do CD, que eles pretendemlançar ainda neste primeiro semestre, pode ser ouvida no site daTrama Virtual.Além de Wado e Marcelo Frota, o Fino Coletivo é formadopor Álvaro Lancellotti (percussão e voz), Álvaro Cabral(guitarra e voz), Marcos Coruja (bateria), Adriano Siri (tecladoe voz) e Daniel Medeiros (baixo). E desta nova safra de músicos,cinco compõem. "O disco que vamos lançar poderia até levar onome de ?greatest hits?. Lá, vamos colocar, pelo menos, as trêsmelhores músicas de cada compositor", conta Wado.O repertório, que vão apresentar no dia da semanareservado às boas novas da música brasileira no Grazie a Dio!,conta com as canções Boa Hora (dos irmãos Álvaro e DomenicoLancellotti), um sambinha com batidas eletrônicas, e Parurá (deMarcelo Frota e Alvinho Cabral), uma baladinha lenta que dávazão às guitarras.Wado, que já tem no currículo três discos (O Manifestoda Arte Periférica, de 2001, Cinema Auditivo, de 2002, e AFarsa do Samba Nublado, de 2004), diz que a música produzidapelo Fino Coletivo não tem influência do samba tradicional, massim do contemporâneo, sobre o qual se sentem livres para criar."Não dá para ficarmos alheios à possibilidade da mistura dosamba com disco music, funk etc. Em algumas músicas, botamosumas máquinas para soltar uns ruídos."Fino Coletivo. Grazie a Dio!. R. Girassol, 67, Vila Madalena, 3031-6568. 2.ª, 22h. Couv. art.:R$ 13. Até 20/2.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.